Despesas elegíveis

Custos de aquisição de máquinas; Equipamentos informáticos; SoftwareCustos iniciais associados à domiciliação de aplicações, adesão inicial a plataformas eletrónicas; Criação e publicação inicial de novos conteúdos eletrónicos; Serviços de arquitetura e engenharia relacionados com a implementação do projeto; Material circulante diretamente relacionado com o exercício da atividade em que seja imprescindível à execução da operação; Estudos, diagnósticos, auditorias, planos de marketing e projetos de arquitetura e de engenhariaObras de remodelação ou adaptação; Participação em feiras e exposições no estrangeiro.

Tipologia das operações

Criação de micro e pequenas empresas ou expansão ou modernização de micro e pequenas empresas criadas há menos de cinco anos;
Expansão ou modernização de micro e pequenas empresas há mais de cinco anos.

Taxas e limites de financiamento

Na componente FEDER: Taxa base de 40 % e majorações até um máximo de 20 pontos percentuais.
O incentivo ao investimento na componente FSE é atribuído através da comparticipação total das remunerações de postos de trabalho criados e tem como limite mensal o valor correspondente ao Indexante de Apoio Social (IAS).O investimento máximo elegível é de 235 mil euros.

Gabinete de Apoio ao Investimento  Largo Dr. António Borges Pires 6270-494 Seia  238 310 250 / 238 310 230 gai@cm-seia.pt