Prémio Infância do BPI e Fundação "La Caixa" Candidaturas abertas para premiar projetos sociais de apoio a crianças e adolescentes.

O BPI e a Fundação "la Caixa" lançam a 4ª edição do Prémio Infância, um prémio que tem como finalidade apoiar projetos que visem quebrar o ciclo de pobreza, facilitem o desenvolvimento e empoderamento na infância e adolescência, e potenciem a família como eixo de ação socioeducativa.

O valor do Prémio Infância é de 1,3 milhões de euros e podem candidatar-se todas as instituições privadas sem fins lucrativos que apresentem projetos sólidos e inovadores nesta área.

Criado em 2019, o Prémio Infância atribuiu 2,3 milhões euros a 82 projetos.

Candidaturas

Período de candidatura: 24 de maio a 27 de junho.

Cada entidade promotora só pode apresentar 1 candidatura por Prémio, candidaturas a 2 Prémios e só poderá ser premiada uma vez em cada edição.

Na edição 2022, são 4 os Prémios que se distinguem entre si, pelo seu âmbito de atuação - Prémio CapacitarSolidárioSeniores e Infância.

A quem se destina

A todas as instituições privadas sem fins lucrativos, com sede ou delegação legalmente constituída em Portugal ou com núcleos com autonomia comprovada, há pelo menos um ano com projetos que têm como finalidade apoiar crianças em situação de pobreza.

Prémio

O apoio financeiro poderá ser até 75% do custo total do projeto, com os seguintes limites máximos de comparticipação:

- até 50.000€ para projetos com duração de 1 ano;

- até 100.000€ para projetos com duração de 2 anos.

Critérios de avaliação

Todas as candidaturas serão avaliadas e selecionadas de acordo com os seguintes critérios:

  • Capacidade da entidade - experiência e solidez da entidade;
  • Justificação do projeto - necessidade social que o projeto pretende abordar e as vulnerabilidades do grupo-alvo de beneficiários;
  • Objetivos, metodologia e atividades do projeto - alinhamento com a necessidade social e solidez do projeto do ponto de vista de conceção, metodologia e atividades a desenvolver;
  • Impacto do projeto - impacto nas pessoas, no território e na comunidade, envolvimento dos beneficiários e de outras entidades;
  • Orçamento e viabilidade do projeto - descrição, justificação, coerência e sustentabilidade do orçamento;
  • Qualidade geral do projeto - formulação direta, clara e completa da informação solicitada.

Ações prioritárias

São consideradas prioritárias para efeitos de seleção de candidaturas as ações que visam solução para os seguintes temas:

- Atenção à primeira infância, incluindo o desenvolvimento de competências parentais.

- Apoio ao reforço escolar e a ações que promovam a inclusão social através do desporto, da criatividade da música e da arte.

- Acesso a bens e serviços básicos de alimentação, saúde e higiene infantil.

- Ações que promovam soluções integrais para crianças com múltiplos fatores de vulnerabilidade, intervenção precoce e melhoraria da qualidade de vida das crianças que sofrem de doença.

Para mais informação consulte o link https://www.bancobpi.pt/responsabilidade-social/premio-bpi-fundacao-'la-caixa'-infancia.

Gabinete de Apoio ao Investimento  Largo Dr. António Borges Pires 6270-494 Seia  238 310 250 / 238 310 230 gai@cm-seia.pt